Orientação ao produtor integrado

Souza Cruz tem o compromisso de desenvolver as condições de vida e de trabalho dos seus produtores integrados

Sistema Integrado de Produção de Tabaco

Criado em 1918 pela Souza Cruz, o Sistema Integrado de Produção de Tabaco (SIPT) tornou-se um referencial no agronegócio familiar no país, sendo atualmente usado por vários outros setores produtivos no Brasil e no mundo.Esse sistema de parceria com os produtores de tabaco consiste no fornecimento das sementes (desenvolvidas no centro de pesquisa da Companhia) e dos insumos necessários para a instalação e desenvolvimento da lavoura e da assistência técnica gratuíta em todas as fases da cultura até a comercialização, quando o produtor tem a tranquilidade de saber que venderá tudo o que contratou. 

pilares do sistema

Essa parceria faz com que os produtores tenham acesso às tecnologias desenvolvidas pela Souza Cruz, permitindo que eles obtenham mais qualidade, produtividade e rentabilidade. Outras vantagens incluem a aproximação da Souza Cruz com as comunidades rurais, possibilitando parcerias e investimentos de cunho ambiental e social, a contribuição para a redução do êxodo rural e a diversificação da propriedade rural com outras atividades, como, por exemplo, o milho e o feijão após o tabaco.  As perspectivas para o futuro apontam para a melhoria contínua desse sistema, tornando a produção de tabaco ainda mais sustentável. Dessa forma, a Plataforma do Produtor Rural Sustentável foi criada para contribuir com a sustentabilidade do Produtor Rural e do Sistema Integrado de Produção. A plataforma está dividida em três pilares: econômico, social e ambiental.

 

   

 

 

 

 

 

 

max
large
medium
small
mobile