Do que é feito o cigarro?

Souza Cruz é transparente em relação à composição de seus produtos, que utilizam os melhores ingredientes disponíveis no mercado

A Souza Cruz cumpre à risca todas as determinações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que impõe uma série de restrições à fabricação dos seus produtos. Assim, os seus cigarros são feitos basicamente de três elementos: tabaco, papel e filtro.

O tabaco presente em um cigarro pode não ser de uma única variedade. Cada marca possui o seu próprio blend - mistura de diferentes tipos e classificações de tabaco - em variadas proporções, que propiciam distintas experiências para o consumidor.

Como o tabaco é um produto agrícola sazonal, está sujeito a variações de acordo com cada safra. Assim, durante o processo produtivo do cigarro, o tabaco passa por uma etapa de homogeneização em que são acrescentados umectantes, açúcares, amido e conservantes. Estes são os únicos aditivos permitidos pela Anvisa.

Este processo é transparente: todos os ingredientes adicionados aos cigarros em cada uma das marcas são informados pela Souza Cruz à Anvisa periodicamente.

A Souza Cruz também tem grande controle sobre a qualidade do papel e do filtro - composto principalmente por fibras de celulose - utilizados em seus cigarros.

Mitos

Muitas informações equivocadas sobre a composição do cigarro circulam em meios sociais. A Souza Cruz é transparente em relação aos ingredientes utilizados na fabricação de seus produtos, desmitificando, assim, questões como:

  • A nicotina não é adicionada durante o processo de produção do cigarro. Ela está naturalmente presente na folha do tabaco e de outras culturas agrícolas;
  • Os ingredientes adicionados segundo as determinações regulatórias não estimulam a dependência;
  • O açúcar adicionado na produção do cigarro tem o objetivo apenas de homogeneizar o nível de açúcar naturalmente presente nos diferentes tipos de tabaco e perdido no processo da cura;
  • Os ingredientes tampouco influenciam o ato de parar de fumar ou na atração de menores de idade para o consumo de cigarros;
  • As 4.700 substâncias tóxicas presentes no cigarro são decorrentes da combustão: a indústria não adiciona elementos tóxicos ao produto.
max
large
medium
small
mobile