souza cruz - Cigarros



cigarros sem marca

Fabricação de cigarros

Embora o tabaco já seja conhecido na América há mais de três mil anos e tenha sido levado para a Europa com os primeiros navegadores em 1492, inicialmente ele era consumido em cachimbos e na forma de primitivos charutos, além de ser aspirado como rapé. O cigarro, como é conhecido hoje, começou a ser produzido industrialmente em meados do século XIX.

Mesmo parecendo iguais, os cigarros apresentam diferenças de acordo com as preferências dos consumidores.

O cigarro é um produto fabricado com os seguintes ingredientes básicos: papel, filtro, mistura de fumos e agentes de sabor, que conferem características sensoriais próprias.

O principal componente do cigarro é o fumo, que é uma planta da família das solanáceas e que na sua composição contém naturalmente a nicotina.

Antes de ser utilizado, o fumo precisa ser curado. A cura é a etapa que consiste basicamente na secagem das folhas do fumo. No processo de cura, além da perda da água e da mudança de cor, as folhas sofrem uma série de transformações bioquímicas que definirão o sabor específico de cada fumo. O fumo Virginia é curado em estufas de alvenaria com a utilização de lenha proveniente de florestas energéticas como fonte de calor.  Após a cura, este fumo deve ficar com a forma alaranjada. O fumo Burley é curado em galpões com as laterais parcialmente fechadas para que o ar natural circule, retirando a umidade das folhas. Este fumo fica com a cor castanha. Depois de curado, o fumo é armazenado em paióis, onde aguarda a comercialização.

A cura associada às variedades produz as características de aroma e sabor típicas de cada fumo.

A combinação dos diferentes tipos de fumo em diferentes proporções, associada a ingredientes é a mistura de fumos, conhecida como blend e que produz o sabor e o aroma característico de cada marca.

Os cigarros variam em função do fumo utilizado e do seu desenho (comprimento, circunferência, tipo de filtro, ventilação, etc.). Os cigarros mais vendidos no mercado brasileiro são conhecidos como KS - King Size ou cigarros supergrandes e possuem comprimento de 83 mm e circunferência de 24,3 mm.

Outras versões são o LS - Long Size ou cigarros grandes, que possuem 80 mm de comprimento, o SLS - Super Long Size ou cigarros superlongos com 98 mm de comprimento - que geralmente também são mais finos -, os Slims com circunferência de 23,1 mm ou finos, os Extra Slims ou ultra-finos com circunferência de 17 mm, e ainda os cigarros de 70 mm de comprimento, os chamados RS - Regular Size.

Os filtros utilizados nos cigarros fabricados pela Souza Cruz são de acetato de celulose, podendo ter adição de outros componentes filtrantes, como o carvão ativado.

A Souza Cruz utiliza as seguintes embalagens para acondicionar os cigarros:

  1. BOX – produto comercializado em caixas, como as versões de Lucky Strike; 
  2. SC (soft cup) – produto comercializado em maços, como as versões de Hollywood e Derby;
  3. RC (rounded corner) – produto comercializado em caixas com os cantos arredondados, caso das versões de Free;
  4. BV (bevel edge) – produto comercializado em caixas com os cantos chanfrados como o Dunhill.

Última atualização: 05/10/2011 18:02:14 GMT